Como faço compras na Internet – dúvidas gerais: primeiro post

Olá

Acho que um dos tópicos mais comentados na atmosfera virtual se relaciona com as compras, desde a confiabilidade da loja, formas de pagamentos, tipos de entregas, tamanho dos produtos, enfim. Realmente, há uma gama de opções para selecionarmos e buscarmos por melhores oportunidades e ofertas de produtos para aquisição.

Ainda assim, vale discutir alguns tópicos antes de iniciar suas compras. Sinteticamente, o comércio virtual distingue-se do físico, pela facilidade fornecida ao cliente da oportunidade de comprar na hora que for conveniente. Além disso, tem-se a possibilidade de adquirir itens de qualquer natureza, que não são comuns á realidade do cliente, como itens importados, itens específicos de uma determinada região, e assim por diante.

Neste post eu pretendo compartilhar com vocês minha experiência e o que aprendi ao longo dos anos comprando virtualmente. Eu sei que alguns colegas ainda possuem dificuldade, mas acredito que este post será esclarecedor ainda que extenso.

Inicialmente antes de ser atraído pelo comércio virtual, vale considerar alguns itens importantes e traçar alguns passos. Primeiro, faça uma breve análise do produto que deseja. Busque por ele em motores de busca (Google e Yahoo) e identifique se ele é o “item absoluto” (tipo patenteado) para aquisição ou possuem genérico-similares.

Isso te trará algumas opções. No mundo da maquiagem, temos os “dupes” que resumidamente são itens de maquiagens “parecidos/similares” a outros (os primos pobres, primo irmão, similar). Por outro lado, essa busca trará conhecimento do produto que se deseja adquirir. Além disso, por meio dessas buscas é possível descobrir onde adquirir, prazo de entrega, formas de pagamento e outros itens comumente incluídos em uma resenha de produtos na Internet.

Outra dica sobre a busca é que você pode iniciar sua busca para conhecer os melhores termos em lojas do mesmo ramo, tipo, cosméticos em lojas de cosméticos e farmácias. Veja também opinião de pessoas sobre ele no próprio comércio virtual, motor de buscas, em blogs e canais no Youtube. Se possuir redes sociais, verifique o relacionamento com os clientes nas mesmas e se há reclamações. Em relação à forma de busca em motor de busca, você pode tentar alguns exemplos tipos:

review +produto

revisão+produto

swatch+produto

comprinhas+loja

compras+produto

produto+loja

Há também a possibilidade de usar os buscadores temáticos como o Consulta Remédios específico para medicamentos e gerais como o MuccaShop e o ShoppyDoo. Esse tipo de busca te ajudará a ter uma opinião sobre o assunto, permitirá averiguar os preços, os locais de venda, fazer comparação de preço, ter acesso à resenhas e outros itens.

Por meio da busca também é possível identificar os tipos de comércio eletrônico que vendem o produto desejado. Também é possível fazer uma busca específica em sites tipo E-bit e Buscapé. Esses sites mantêm sistema de avaliação com base na avaliação dos clientes. Também é possível realizar análise comparativa.

Em suma essa busca trará segurança e conforto na seleção da loja, pois nos trará informações que demonstram estabilidade das vendas, atuação no mercado, pontualidade quanto á oferta dos produtos, idoneidade do vendedor, qualidade produtos, e assim por diante, certo? Isso vale tanto para as empresas quanto para vendedores em sites de leilão tipo eBay.

Após a seleção do comércio virtual, recomendo o cadastro nele e nos similares, uma vez que há promoções específicas para clientes cadastrados além de serem notificados com antecedência de mudanças, descontos e promoções. Vale lembrar que se recomenda que faça “login” no comércio virtual, uma vez que em alguns casos os preços variam de país para país ou estado para estado.

Faça uma análise e verifique qual a melhor opção para você. Este quesito pode ser analisado por meio das formas de pagamento; que variam desde cartão de crédito, cartão de débito, depósito bancário, transferência bancária, boleto bancário e pagamento por meio de sistema financeiro virtuais, como os nacionais: Moip, Pagseguro, Mercado Pago, Bcash (ex-Pagamento Digital) e o internacional e bem conhecido Paypal.

É importante prestar atenção neste tópico devido á necessidade de cadastro nos sistemas financeiros escolhidos. Em alguns casos estes cadastros solicitam documentos de registro da pessoa, bem como, cartão de crédito internacional. Lembre-se que além do cadastro no comércio escolhido, você deverá possuir um cadastro no sistema financeiro selecionado.

Caso você selecione formas de pagamentos diretamente com a loja, como por exemplo, boleto bancário, o mesmo será mostrado ao final da compra. Normalmente em qualquer opção é possível verificar o andamento da compra após fazer “login” no comércio virtual ou também, solicitar uma segunda via de boleto, cancelar a compra, solicitar estorno e assim por diante.

Lembre-se que os sistemas financeiros virtuais, são intermediários entre o seu dinheiro e o produto adquirido. Isso pode te auxiliar em caso de problemas com a entrega, realizado por meio de “disputas”. Mas também, não se esqueça que como intermediário há um tempo maior nas transações, portanto aguarde e acompanhe a movimentação em seu cadastro no site.

Em alguns comércios virtuais é possível realizar compra como comprador visitante. Neste caso você preenche um formulário antes de finalizar a compra e todo o processo de acompanhamento da compra é feito por email ou mediante número de pedido, fornecido ao final da compra. Vale lembrar que em todas as modalidades de compras, são solicitado os documentos bem como outros dados pessoais.

Em sites de leilão/negociação, a forma de aquisição é um pouco diferente. Estes sites emprestam seus espaços para diferentes vendedores e os mesmos incluem seus anúncios, como o Mercado Livre e o eBay. Nestes sites é de suma importância que se faça uma busca prévia de análise dos vendedores. Opte por vendedores com maior número de avaliações positivos, exemplo 99,3%. Leia as avaliações de outros usuários, veja o tempo de entrega e espera pelo produto faça perguntas e negocie. Não se esqueça que existem duas modalidades de compras: produtos negociáveis por leilão e produtos com preço fixo e á disposição. Cuidado, antes de finalizar a compra, não se esqueça de conferir todos os dados e sempre entrar em contato com o vendedor.

Também lembro que em alguns casos há possibilidade de cobrir oferta e espaço para negociação. Veja se existe esta opção no comércio escolhido. Atente-se para a conversão de valor, uma vez que há diferenças entre as moedas dos países. Obviamente, não se aplica ás compras nacionais, contudo, conforme a forma de pagamento selcionada, pode ter acréscimo de juro (compras parceladas) ou decréscimo (pagamento á vista).

Em casos de compras internacionais: Não se esqueça que o valor final a ser pago na fatura, pode divergir do valor demonstrado ou calculado por você na data da compra. O valor que aparece na fatura é calculado com base no dia de fechamento da fatura e não com base na data da compra. Lembro que em alguns bancos, conforme tarifa paga pelo cliente há uma taxa que varia conforme a compra.

Igualmente importante, seria lembrar a diferença dos tamanhos de vestuário, calçados, acessórios e assim por diante. Ler as tabelas de conversão de medidas torna-se fundamental em compras internacionais. Normalmente essas tabelas são convencionais e não falham.

Não mencionei a questão de valores financeiros em relação á compras internacionais, por que é um assunto controverso. Em muitos casos, falam sobre compras menores que U$$50,00 dinheirinhas, em outros, pedem que declare o valor menor que o gasto pelo produto. Por outro, discutem sobre os tipos de produtos que mais sofrem incidência, como perfumes e eletrônicos. Eu acredito que o ideal é buscar conhecimento no setor Aduana – Receita Federal.

Tendo isso em mente, o ideal é saber que qualquer compra é passível de ser taxada e com isso, faça suas compras apenas se mesmo com a taxa, a mesma se torne com valor agradável. No site da Receita Federal é possível ler todas as informações em relação ao assunto. Aproveito para lembrar que a operação Maré vermelha entrou em vigor este ano e com isso, há certa demora na entrega dos produtos.

Em relação ao frete, quando fornecido código de rastreamento você pode utilizá-lo no site dos Correios, lembrando que se trata de um código composto por 13 itens: que inicia com duas letras correspondentes ao tipo de postagem que, por conseguinte, resulta na verificação na aduana (Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo) e finaliza com duas letras que correspondem ao país de origem.

Sintetizando, significa que uma postagem com o seguinte código RB416476601HK: início RB, RD são verificados no Paraná e origem dela HK é Hong Kong. Lembrando que este sistema se refere aos que utilizam Correios como forma de entrega. Alguns comércios virtuais utilizam transportadora e em muitos casos não possuem código de rastreio. Neste caso, não se esqueça de buscar por opções com seguro do pacote. Não é recomendável optar por compras sem rastreio.

No quesito técnico, verifique se o seu navegador é compatível com o do comércio virtual. Mantenha seu navegador e sistema operacional sempre atualizado. Acredite faz diferença. Se você não conseguiu finalizar sua compra entre em contato e verifique se há alguma instabilidade no servidor ou se há navegador recomendado. Tente salvar sua compra na sua “Wish list”, neste caso é necessário possuir cadastro. Também sugiro que faça limpeza no seu navegador e computador após as compras.

Realizar busca em sites de avaliação de comércio virtual é de suma importância antes de dar o seu primeiro passo na Internet. Eu utilizo os seguintes sites:

Nacional: E-bit, Reclame aqui

Internacional: Bizrate, Complaint board

Abaixo um breve resumo dos itens discutidos:

  • Frete: no Brasil existem diversos tipos realizado pelos Correios ou transportadoras. Atenção, a entrega expressa costuma possuir valor superior e no caso de compras internacionais são freqüentemente associados á taxas pela Receita Federal (não é exclusivo). Vale ressaltar que o frete é selecionado conforme a necessidade do cliente. Nunca é demais lembrar que toda entrega pode sofrer variação de tempo.
  • Forma de pagamento: verifique se você atende aos pré-requisitos de pagamento do comércio virtual selecionado. Em caso de dúvidas sugere-se que entre em contato com o SAC da empresa. Veja os sistema financeiros adotados pelo comércio virtual.
  • Tempo de entrega: está relacionado ao tipo de frete selecionado e é determinado pelo valor pago. Também se difere por contém ou não código de rastreio. Em alguns comércios é possível a inclusão de seguro virtual por um valor a parte.

Este é o primeiro post, farei outros com exemplos mais ilustrativos. Apesar do post ter ficado longo, esses passos se tornam praticamente automáticos conforme a prática e a cada compra, aprendo algo novo. Espero ter ajudado. Qualquer dúvida, por favor, utilize o campo comentários.

Have a sunshine Day!

Disclaimer

Comente aqui. Comentários considerados de natureza agressiva não serão aceitos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s