Os “mais” na minhaTV

Olá

Hoje pensei em dividir com vocês os programas, shows, séries nacionais e internacionais que mais assisto. Eu adoro assistir TV. Acho muito irritante quando vejo críticas por aí afora sobre assistir TV e alienação. Acho que qualquer coisa na vida pode levar a alienação, tudo depende do senso crítico da pessoa e como ela absorve “novidades”, ou talvez, informações.

No meu caso, eu assisto TV como hobby e adoro. É um momento em que viajo, relaxo descanso, dou risada, enfim. Algumas séries eu gosto tanto que até brinco que gostaria de ser atriz e fazer parte do núcleo, por conta da originalidade do enredo. Não sou crítica televisa, não tenho experiência com isso, portanto, “os relatos” aqui são resultantes de experiências pessoais.

Internacionais

Don’t Trust the B—- in Apartment 23: Meu morango com Chantilly! Uma das melhores séries com um tipo de humor bem específico, bem ácido, eu amo demais. É uma sátira bem humorada da vida de duas garotas e o ator James Van der Beek, que faz o papel dele mesmo. Estava faltando série deste tipo na televisão!

Elementary: Ah! Elementary mal chegou e eu já viciei. Estou adorando a série. É muito bem feita e marca o retorno da Lucy Liu á telinha! Basicamente é a estória do Holmes e da Dr. Watson na contemporaneidade, achei genial a maneira como foi traduzida sem perder a essência e manter a originalidade!

Grey’s Anatomy: Há sete anos iniciava esta série que eu considero um marco nas séries do gênero. Acho que Grey’s consegue combinar o dia a dia de um hospital de maneira bastante elucidativa, mas também consegue mostrar o outro lado dos médicos, o drama, os seus sentimentos, seu desespero, sua vida, e o crucial, o que envolve o ser médico. Enfim, eu adoro demais!

Law & Order: Aqui em casa eu tenho alguns apelidos e um deles são “bum bum” por causa de Law & Order. Eu sou viciada “nesta série”, na verdade em todas as séries da franquia Law & Order. Esta é a série mais antiga no mundo televiso e eu amo cada uma delas. A favorita é sem dúvida SVU, mas eu assisto todas.  Abordam assuntos atuais e de certa maneira é educativo. Amo!

Modern family: É uma série maravilhosa, uma sátira às famílias não convencionais, mas ao mesmo tempo convencionais no mundo contemporâneo. Impossível parar de rir. É viciante.

Once upon a time: Acho que há muito tempo na esfera televisa não se produzia uma série tão genial, que combina tantos elementos diversificados e, ao contrário do que se pensa não vira uma sopa de letrinhas. Basicamente é a junção de vários “contos de fadas” com o mundo contemporâneo, preciso dizer mais? E não, meu personagem favorito não é o príncipe ou a Branca de Neve, e sim o mais enigmático de todos, Rumpelstiltskin, acredite, sei o nome de cor, acho o personagem tão fascinante, tão enigmático. Claro que o Robert Carlyle é um ator de primeira então…

Parenthood: Esta é uma das séries que eu definitivamente amo. Aborda o dia a dia da família Braverman. Cada um dos membros é diferente do outro. Tem foco no relacionamento deles entre eles e outros, como eles lidam com os problemas, como se ajudam, se ensinam, enfim. É incrível como pode ser tão realista e tão bem feita. Vale muito à pena assistir!

Parks & Recreation: Se tem uma série que adoro é esta. Adoro humor ácido e pessoas excêntricas. Esta é uma série que aborda a vida política em Pawnee. Em Pawnee é tudo muito exagerado, muito fora da casa com coisas além do normal. É ótimo. Impossível não rir!

Revenge: Outra série que sai daquele núcleo convencional de estória, apesar de tomar forma no mundo dos ricos, a estória toma forma na sede de vingança da personagem Amanda Clarke (Emily Thorne). Cada episódio é uma “caixinha de pandora”, você não sabe o rumo que irá tomar e as coisas que a Emily é capaz. Se você gosta de suspense e quer inovar esta é sua série.

Switched at Birth: Ahhhhhh minha cereja do bolo!!! Finalmente uma série diferente e com um tema tão original e tão pouco abordado. Uma família descobre que as filhas foram trocadas na maternidade sendo que uma delas teve meningite e ficou surda. Detalhe: na adolescência. Melhor época impossível. É muitooooooooooooooooooooooo boa, fantástica eu gosto demais. Não é piegas não, viu?!

Weeds: Magestic e Agrestic são os nomes das cidades que ambientam a fase inicial desta série. Ainda que ao longo das temporadas não se estabeleçam nelas, eu defino esta série como Magestic, ou seja, majestosa, uma das melhores séries de todos os tempos, o tema é brilhante, é sensacional a maneira como lida com os problemas, é fascinante como aborda os problemas familiares de maneira tão nada convencional. A trilha sonora é divina.

Nacionais

Cartas na mesa: É um show que analisa os problemas do relacionamento entre mulheres e homens de maneira bem humorada. São homens numa mesa jogando pôquer e respondendo ás dúvidas femininas. A maneira como eles respondem ás mulheres é bastante engraçada, mas ao mesmo tempo, certeira. Eu gosto bastante!

Sessão de terapia: Sem dúvida alguma esta é a melhor séria já produzida na esfera nacional. Ainda que seja uma versão de uma série que já teve versões em vários países, a maneira como foi traduzida, incorporada ao nosso cotidiano foi genial. É mais que viciante. Eu considero uma série boa quando quero ser um personagem, neste caso, gostaria de ser analisada pelo Théo e amiga de todos os personagens, hahahahaha!.

E aí gostaram? Vocês também assistem TV? Gostam? Já conheciam as séries? Assistem?

Have a sunshine Day!

Disclaimer

Comente aqui. Comentários considerados de natureza agressiva não serão aceitos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s