Coisas estranhas a meu respeito

Olá

Hoje vou falar um pouco sobre hábitos, manias e coisas estranhas a meu respeito. Não acho que sejam tipicamente ruins ou bizarros, mas eu sei que algumas coisas chocam outras pessoas. Eu já li em alguns blogs uma tag que questiona sobre alguns hábitos e/ou manias estranhas que o blogueiro tenha. Como não gosto muito de padrões preferi criar o post no melhor “Amélia crazy style possible“. Achei que seria bacana dividir com vocês as minhzas bizarrices, quem sabe tem outro louco parecido comigo. HaHaHaHa

Falando em dividir coisas bizarras, eu lembro que quando fui ao Youpix, a consultora de moda Jussara Romão (o cabelo dela é tudo!), durante a discussão falou da importância em “manter a essência e dividi-la online”, e que muitas vezes, o resultado poderia ser surpreendentemente satisfatório, já que o bacana seria identificar “nessas diferenças” possíveis similaridades com outros”. Assim, quem sabe, você não seria tão estranho quanto pensa.

Acho que nesse sentido, a Internet realmente tem esse poder, em unir os semelhantes e dessemelhantes. Ao contrário da vida convencional, podemos nos dar o luxo de selecionar o que queremos ler, saber, interagir, enfim. Se você realmente souber filtrar, saberá extrair o que te proporciona de melhor.

Amelia Crazy Style

Amelia Crazy Style

Vamos às bizarrices não tão bizarras:

  • Ventilador ligado: eu durmo com ventilador ligado o ano inteiro, eu gosto de dormir com clima fresco, não tenho uma explicação plausível. Eu sei que incomoda as pessoas, na verdade, aqui em casa ninguém gosta de dormir no mesmo local que eu, mas eu não consigo dormir sem ventilador;

 

  • Pentear o cabelo: se você me conhece há um bom tempo deve ter percebido que meu cabelo é “bem diferente“, paro não dizer desarrumado ou desengonçado. Eu não gosto de pentear o cabelo. Desde criança eu tenho pavor eu sempre achei um hábito bem irritante. Eu faço “pobressiva” ás vezes pela praticidade de não ter que pentear o cabelo. Já até recebi apelidos por causa disso (Maluquinha);

 

  • Dormir: eu amo dormir, se eu pudesse dormir 2/3 do dia eu dormiria. Infelizmente por diversos motivos, eu não durmo a quantidade de horas que eu realmente gostaria. Eu não consigo dormir muito bem sem ter finalizado todas as tarefas diárias, obrigações, responsabilidades e tais…

 

  • Pimenta: eu amo pimenta e eu como muita pimenta. Eu já provei a pimenta mais ardida do Brasil ou do mundo, não sei ao certo (quiosque no shopping Morumbi), foi uma experiência fora de sério, é bem boa. Eu gosto de colocar pimenta em tudo, hoje em dia eu cozinho sem pimenta e coloco apenas no meu prato, mas antes eu colocava pimenta em tudo.

 

  • Café preto: eu acho perturbador acordar pela manhã e não tomar um café preto, eu não consigo. Eu fico sem pão, bolacha, enfim, mas sem café não dá para acordar muito menos vivenciar o dia de maneira correta.

 

  • Manhãs: eu odeio manhãs. Se eu pudesse trabalhar numa biblioteca de noite eu trabalharia. Eu não sou uma pessoa diurna e eu nunca fui. Eu sou e fico mal humorada e lerda-lenta (sem qualquer hipocrisia). Porém, em alguns casos, eu prefiro trabalhar pela manhã para manter as tardes livres e conseguir outras responsabilidades diárias…

 

  • Neurótica: sou neurótica com responsabilidades. Ao contrário de muitas pessoas que conheço, eu tenho problemas com prazos, obrigações, etc. Por exemplo, se eu tenho uma viagem agendada, 10 dias antes ou no mínimo uma semana, minha mala estará arrumada. Outro fato decorrente da neurose, eu só penso em gastar comigo após pagar todos “os débitos mensais essenciais”. Eu basicamente perco “amigos frívolos” que não entendem isso, primeiro obrigação depois à diversão. Eu sempre fui assim ninguém me ensinou isso.

 

  • Falar pausadamente: eu sou agitada e faço jus á minha lua e sol em Áries, portanto, pessoas que falam e se movem pausadamente me perturbam. Eu não consigo suportar ficar muito tempo ao lado de pessoas lerdas. Não é exatamente uma crítica, é apenas um fato, eu não consigo seguir a linha de raciocínio e, eu me perco no logo no início da conversa. Não acredito que seja uma qualidade a ser desmerecida, é só o tipo de pessoa que prefiro evitar, por que eu não gosto de ser “malvada” eu sei o quão frustrante é falar algo e os outros não interpretarem corretamente.

 

  • Mentira: como boa ariana, sincericídio é meu sobrenome. Ás vezes eu tenho um “bocão” eu sei que é complicado e, eu também luto contra isso, tento me segurar é realmente uma batalha. Mas eu não suporto gente mentirosa ou gente que mente o tempo. E quando descubro a mentira das pessoas eu fico tão irritada!!!!!! Hoje em dia eu superei um pouco isso e simplesmente evito ficar ao lado dessas pessoas ou simplesmente ignoro sua existência e ás vezes eu faço a “egípcia”.

 

  • Piadas: eu não entendo piada e não acho graça. E se for extensa, pior ainda. Nesses casos, eu acabo por fazer a “egípcia”, sem na verdade fazer. Eu gosto de humor sarcástico, mas, piada normalmente eu custo a entender e isso me causa certa frustração e me faz passar por mal educada ou grossa.

 

  • Roupa preta: eu tenho que evitar roupas pretas. Eu tenho sérios problemas com isso. Quando eu começo a usar roupa preta, eu não paro. Teve uma época da minha vida que eu só me vestia de preto e não era intencional. Talvez seja uma compulsão, sei lá, não tem explicação.

 

  • Buquês de flores: eu não gosto de buquê de flores. Eu acho um tanto quanto bizarro ficar feliz em receber algo que está morto. Se fosse um vaso com flor faria mais sentido, mas mesmo assim, não seria um presente ideal. As únicas plantas que eu tenho são as ervas e por que é bem mais barato ter as ervas e cultivá-las do que comprar no mercado.

 

  • Maníaca por descontos: eu tenho essa neurose por descontos e afins. Não tem explicação, mas eu tenho essa mania e raramente eu compro algo a preço convencional.

 

  • Arrumar a cama: desde criança sempre achei estranho ter que arrumar a cama para ser desarrumada, até por que eu gosto de fazer “ninho” com as cobertas então eu bagunço mesmo. O máximo que faço é colocar para tomar sol por que eu sou alérgica, mas se depender de mim e do SHOTZIE, a cama fica desarrumada!

 

  • Chorar: desde que eu me entendo por gente eu choro. Eu acho que nasci chorando e não parei mais. Eu realmente sofro com coisas ruins que acontecem ao redor, muitos podem não entender e interpretar da pior maneira possível, mas eu sofro e choro de verdade. Não posso ver animais sofrendo, tristeza alheia, enfim, eu choro mesmo.

 Bom é isso, espero que tenham se divertido. Você tem alguma mania parecida? Quais as suas manias e hábitos não tão convencionais.

2 comentários sobre “Coisas estranhas a meu respeito

Comente aqui. Comentários considerados de natureza agressiva não serão aceitos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s